TUBAÍNAS E AFINS

 

BLOGS

 

GUIA DE EMPRESAS

 

PUBLICAÇÕES

 

EVENTOS

 

ANUNCIE

 

QUEM SOMOS

 
 
  Bebidas e Afins   |   Cachaças e Afins   |   Cafés e Afins   |   Cervejas e Afins   |   Sabores e Afins   |   Viagens e Afins   |   Vinhos e Afins
 
 
 
  EMPRESAS DE A A Z

0-9  |  A  |  B  |  C  |  D  |  E  |  F  |  G  |  H  |  I  |  J  |  L  |  K  |  M  |  N  |  O  |  P  |  Q  |  R  |  S  |  T  |  U  |  V  |  W  |  X  |  Y  |  Z

 
 
 
 
 
 
 
 
 
2
dez
2011
 
Notícia do portal Midia News: Preços do café ficarão em alta nos próximos 10 anos
 
   

 


Especialistas dizem que a evolução dos preços mundiais do café apontam para um aumento sustentado da procura na China, Índia e Brasil, ancorado em uma classe média em rápido crescimento que toma café como uma bebida "trendy".

"Não vemos uma queda nos preços do café, talvez nos próximos 10 anos a menos que algo drástico acontece na cadeia", disse o diretor executivo Organização Internacional do Café (OIC) Roberio Silva, para os produtores de café africano no Parque Hotel Safari em Nairobi para o 50 º Conferência da Organização Inter-Africano de café para deliberar sobre a forma de aumentar a produção e consumo no continente.

De acordo com especialistas, a produção de café e de consumo nos estados de 25 membros permanece abaixo do seu potencial. A conferência foi convocada contra o pano de fundo de bom preços internacionais do café que reacendeu o interesse na cultura.

No Quênia, alguns agricultores abandonaram os arbustos na década de 1990, quando os preços caíram depois da liberalização. Este informados deste ano tema "Renascimento café em África: A hora é agora". De acordo com dados da OIC, a Etiópia era o maior produtor com 7,45 milhões de sacas em 2010, seguido de Uganda com 3,1 milhões, Costa do Marfim 2,2 milhões, na Tanzânia 917.000.
Quênia assumiu a quinta posição com 850.000 sacas. África produziu um total de 17 milhões de sacas em 2010, que segundo especialistas foi abaixo do potencial do continente, uma vez que representaram apenas 13 por cento da produção global de café em comparação com 30 por cento em 1980.

O café é a segunda commodity mais negociada no mundo depois do petróleo, com um valor estimado de US $ 80 bilhões anualmente.

Especialistas dizem que com o mercado em rápido crescimento na China, Índia e Brasil, a oferta global deverá ser apertado por vários anos, proporcionando a África com uma oportunidade para aumentar a produção se for para tirar proveito do mercado rentável.

Alguns mercados emergentes como a Rússia também são esperados para sustentar a alta demanda, estimada atualmente estar crescendo a 2,4 por cento. Com uma população de 1.000 milhões, África, dizem os especialistas, tem potencial para aumentar o consumo local. No entanto, isto exige que os países elevar o valor disso e produzir marcas para os mercados locais e de exportação.
Comparação com outros continentes, a África tem um consumo médio de apenas 750 gramas por pessoa por ano, enquanto a média do Brasil é de 2,8 kg. Etiópia consome quase a metade de sua produção e no Quênia apenas três por cento. Especialistas dizem que o marketing agressivo deve ser feito em países não-produtores como a Argélia, Marrocos, África do Sul e Egito, que têm um total combinado de 3,5 milhões de sacas a cada ano.

Sr. Carlos Brando, um especialista em café do Brasil, disse que o continente necessário para investir em pesquisas de hábito do consumidor para entender suas necessidades e incentivar o consumo mais local. De acordo com a OIC, o consumo de café no mundo foi de 158,2 milhões de sacas, uma ligeira queda de 159,2 milhões em 2009.

Ms Josefa Sacko, o Inter-Africano de café Organização secretário-geral, disse que a safra beneficia mais de 10 milhões de pessoas no continente, embora houvesse a preocupação de que os produtores de café foram de envelhecimento. Ela disse que era necessário incentivar os jovens a serem activos no sector. Alguns países como a Uganda já estão envolvidos em programas destinados a incentivar os jovens a participar na cafeicultura. "O café tem de apelar para a juventude, e tem que estar na moda e na moda", afirmou Ishak Lukenge de Uganda. O país está usando para organizar torneios de futebol de jovens em torno das áreas produtoras de café, durante o qual a cultura é plantada e questões relacionadas à sua produção discutidos. Países africano chamado para a colaboração em matéria de investigação para combater os desafios da mudança climática que estão previstos para aumentar a pragas e doenças.

Organização de café Inter-Africano foi formado em 1960 por 11 países para lidar com questões que afetam a produção de café, processamento e comercialização. A próxima conferência será realizada na Tanzânia.

Link Original
 
 
COMPARTILHAR
 
 
 
COMENTAR
 
 
NOME
 
E-MAIL
 
CIDADE -
 
COMENTÁRIO
 
CÓD. DE SEGURANÇA CÓDIGO DE SEGURANÇA 1414
 
 
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
 
1
jul
2013
 
  Café Gourmet Santa Monica lança café torrado em pó e em grão para consumidor final
 
 
 
 
1
jul
2013
 
  Da Alemanha para o Brasil, cappuccino e chocolate em pó com baixas calorias são ótimas pedidas para esquentar o inverno
 
 
 
 
1
nov
2011
 
  Notícia do Portal Terra Brasil: Exportação de café 10/11 atinge recorde de 103,1 mi sacas
 
 
 
 
1
nov
2011
 
  Notícia do Portal A Tarde On Line: Bahia ganha destaque na produção do café
 
 
 
 
2
dez
2011
 
  Notícia do portal Midia News: Preços do café ficarão em alta nos próximos 10 anos
 
 
 
 
 
 
 
 
Revista Bebidas e Afins
 
 

NÚMERO 5
ABRIL DE 2012

 
 
 
 
 
Bebidas e Afins Express
 
 

NÚMERO 20
ABRIL DE 2012

 
 
 
 
 
Refrigerantes Arco Íris
 
 
 
Matrix Ingredientes Comércio e Representações Ltda.
 
 
 
MG do Brasil
 
 
 
 
 
 
 
Eva Green transpira eterna beleza como garota do Calendário Campari de 2015
 
 
 
Brasileiros preferem, cada vez mais, café premium
 
 
 
Dore completa 100 anos e recebe homenagem no Confrebras 2011
 
 
 
Café Aviação chega aos supermercados da capital e do interior
 
 
 
HEINEKEN oferece opção para consumidores se refrescarem durante estações mais quentes
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O que você procura?
 

BUSCAR

 
 
 
 
 
 
 

Acessórios
 

Acidulantes
 

Aço Inox
 

Açúcares
 

Adegas
 

Adesivos
 

Aditivos
 

Agitadores
 

Amidos
 

Aquecedores
 

Aromas e aromatizantes
 

Assessoria de comunicação
 

Associações e entidades
 

Ácidos
 

Água de Coco
 

Água Mineral
 

Água Tônica
 

Álcool
 

Balanças
 

Barris
 

Bases
 

Bebedouros
 

Bombas
 

Borrachas
 

Brindes
 

Cabos
 

Cachaças
 

Cafés
 

Caldeiras
 

Cervejarias
 

Chás
 

Chopeiras
 

Chopp
 

Codificadores
 

Componentes
 

Compressores
 

Concentrados
 

Conhaques
 

Conservantes
 

Consultoria técnica
 

Controle de qualidade
 

Coolers
 

Copos e canecas
 

Corantes
 

Correntes industriais
 

Cristalerias
 

Cursos
 

Destiladores
 

Detergentes especiais
 

Diluidores
 

Displays
 

Distribuidores de bebidas
 

Dosadores
 

Embaladoras
 

Embalagens
 

Empacotadoras
 

Empilhadeiras
 

Emulsões
 

Envasadoras
 

Enxaguadoras
 

Espumantes
 

Essências
 

Estabilizantes
 

Esteiras
 

Esterelização
 

Etiquetas
 

Exportadores
 

Extratos
 

Feiras e eventos
 

Fermentadores
 

Filmagem
 

Filtros
 

Fotografia
 

Franquias
 

Frascos
 

Freezers
 

Garrafas
 

Gás
 

Iluminação
 

Informática
 

Ingredientes
 

Injetoras
 

Insumos
 

Isoladores
 

Isotônicos
 

Lacres
 

Latas
 

Laticínios
 

Lavadoras
 

Limpeza industrial
 

Lubrificantes
 

Lúpulos
 

Maltes
 

Mangueiras
 

Manutenção industrial
 

Máquinas de café
 

Máquinas de suco
 

Máquinas industriais
 

Misturadores
 

Mobiliário
 

Paletização
 

Pasteurizadores
 

Peças
 

Plásticos
 

Proteínas
 

Purificadores de água
 

Reatores
 

Refrigeração
 

Refrigerantes
 

Rolhas
 

Rotuladoras
 

Rótulos
 

Sacos e sacolas
 

Seladoras
 

Serpentinas
 

Silos
 

Sites e portais
 

Software
 

Sopradoras
 

Sucos
 

Tampadoras
 

Tampas
 

Tanques
 

Traduções
 

Transmissores
 

Transportadoras
 

Tubos e conexões
 

Válvulas
 

Vernizes
 

Vidros
 

Vinhos
 

Vitaminas
 

Xaropes
 
 
 
 
 
 
 

 

BEBIDAS E AFINS | SWTH COMUNICAÇÃO & WEB
Rua Itararé, 501 | Jardim Paulista
Ribeirão Preto | SP | Fone (16) 3237-9197 | Quem somos | Entre em contato